2011 – Esculturas em Ouro Preto (Nota no Jornal Estado de Minas, na Coluna Mário Fontana, sobre as esculturas Marília de Dirceu e Acqua-Via na comemoração dos 300 anos de criação de Ouro Preto)

Marília de Dirceu (bronze)
Acqua-Via (bronze; 68 x 105 x 35 cm)

EVANDRO CARNEIRO – Esculturas em Ouro Preto

Duas esculturas do artista plástico mineiro Evandro Carneiro serão inauguradas hoje em Ouro Preto, na comemoração dos 300 anos da criação de Vila Rica. Nascido em Visconde do Rio Branco e vivendo desde a infância no Rio de Janeiro, Evandro é considerado um dos mais importantes escultores brasileiros. Ao lado da mulher, Soraia Cals, exerce também a atividade de leiloeiro, sendo responsável pelo levantamento de alguns dos mais expressivos lotes de arte na atualidade. Uma das esculturas é Marília de Dirceu, a musa do inconfidente Tomás Antônio Gonzaga, que ficará instalada no pátio da casa onde o poeta viveu. A outra, com motivo figurativo, tem o nome Acqua-Via e será colocada no Parque Horto dos Contos.

Nota no jornal Estado de Minas, 9 de julho de 2011
Coluna Mário Fontana, Caderno Cultura